Benefícios dos óleos de borragem e de prímula para a saúde da mulher

O corpo feminino sofre mudanças por toda a vida, desde a menarca até a chegada da menopausa, sendo a mulher exposta a várias alterações físicas, metabólicas e emocionais que podem impactar a sua qualidade de vida. Existem duas fases significativas na vida da mulher que merecem destaque: a menarca, quando a grande maioria precisa conviver com os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM), e a menopausa com todos os sintomas que ela desencadeia no corpo feminino.

Tensão pré-menstrual
É caracterizada por um conjunto de sintomas fisiológicos e emocionais durante a fase lútea, surgindo em, um ciclo de 28 dias, normalmente, nos 10 primeiros dias que antecedem à menstruação (mas há casos em que surge até 14 dias antes). Seus sintomas principais, que tanto impactam a qualidade de vida das mulheres, são: insônia, dor nas mamas, alteração no padrão alimentar, inchaço, dificuldade para concentração, fadiga, redução da libido, irritabilidade, entre outros (já foram catalogados mais de 200 sintomas!). Uma das principais alterações fisiológicas que provocam esses sintomas é a atividade do estrogênio e progesterona.

Menopausa
Esta fase é definida como a ausência de menstruação por um período igual ou superior a 12 meses, sendo que normalmente as principais alterações que ocorrem são atribuídas à redução dos níveis de estrogênio, que pode desencadear uma série de sintomas que afetam de forma expressiva a qualidade de vida feminina, como fogachos, dores, irritabilidade, insônia, redução da hidratação cutânea, ganho de peso e outros.

O papel da nutrição na saúde da mulher
A nutrição é uma grande aliada da modulação dessas mudanças e de todo o quadro fisiológico e emocional que elas desencadeiam a partir da integração entre alimentação e suplementação efetiva, sendo que o óleo de borragem e o óleo de prímula são suplementos com eficácia comprovada na literatura científica e que merecem destaque pelos benefícios que proporcionam ao bem-estar feminino.

Óleo de borragem – O que a ciência relata sobre os benefícios?
É um óleo vegetal, extraído a frio e obtido das sementes da planta Borago Officinalis. É rico principalmente em ácido gamalinolênico e ácido linoleico, da série ômega-6, essenciais para a modulação da resposta inflamatória, apresentando ação na síntese de prostaglandinas, que são responsáveis por vários sintomas na TPM e na menopausa. Além disso, tem capacidade de auxiliar na modulação hormonal e apresenta propriedades benéficas para a pele.

A literatura científica aponta que a suplementação com óleo de borragem pode auxiliar no tratamento dos sintomas da TPM e da menopausa, principalmente quanto à mastalgia cíclica e, em período fértil, ainda contribuir para reduzir episódios de dismenorreia. Além disso, a suplementação com este óleo é eficaz para reduzir a perda de água transepidérmica, a rugosidade e descamação, comprovando sua eficácia na melhora da aparência da pele, sendo aliado da melhora da hidratação cutânea das mulheres menopausadas, pois a desidratação da pele é um problema comum nessa fase.

Gama et al. (2015), em um estudo clínico, demonstraram que a suplementação com 900 mg de óleo de borragem, em mulheres em idade reprodutiva, durante 90 dias, promove redução significativa da mastalgia cíclica.

Óleo de prímula – Evidências sobre seu papel na saúde feminina
É um óleo vegetal obtido das sementes Oenothera biennis, muito rico em ácidos graxos essenciais, como o ácido linoleico e ácido gamalinolênico, apresentando ação anti-inflamatória. Tem sido associado à redução de sintomas da síndrome pré-menstrual e menopausa, como inchaço, alterações de humor e mastalgia. Na menopausa, pode atuar, ainda, auxiliando nos sintomas psicológicos.

Mahboudi (2018) reúne estudos que comprovam os benefícios da suplementação com óleo de prímula na redução significativa da mastalgia em mulheres com idade reprodutiva e na amenização dos fogachos em mulheres na menopausa.

Um recente estudo clínico, randomizado e controlado, conduzido por Sharif e Darsarch (2020), demonstrou que a suplementação com óleo de prímula promoveu melhora de sintomas psicológicos como ansiedade, irritabilidade e humor depressivo em mulheres menopausadas, após 8 semanas de intervenção. Ainda, há autores que demonstram a suplementação com óleo de prímula amenizando os fogachos decorrentes da menopausa (MEHRRPOOYA et al., 2018)

Tanto o óleo de prímula quanto o de borragem têm sido apresentados como tratamentos complementares para melhorar os sintomas da menopausa e tensão pré-menstrual visando à qualidade de vida da mulher, por isso, devendo ser integrado à mudança de hábitos alimentares, do manejo do estresse, da prática de atividade física e da qualidade do sono.

REFERÊNCIAS

FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE. Tensão pré-menstrual. Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina, 2011. Disponível em: https://diretrizes.amb.org.br/_BibliotecaAntiga/tensao_pre_menstrual.pdf . Acesso em: 05 jan de 2021 BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Manual de Atenção à Mulher no Climatério/Menopausa. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, p. 192, 2008. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_atencao_mulher_climaterio.pdf . Acesso em: 05 jan de 2021 SHARIF, S. N.; DARSAREH, F. Impacto of evening primrose oil consumption on psychological symptoms of postmenopausal woman: a randomized double-blinded placebo-controlled clinical trial. Menopause, v. 27, n. 2, p. 194-198, 2020. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31738736/ . Acesso em: 05 jan de 2021 GAMA, C. R. B. et al. Clinical Assessment of Treatment Outcomes Following Borago officinalis Extract Therapy in Patients Presenting with Cyclical Mastalgia. International Journal of Clinical Medicine, v. 6, n. 06, p. 363, 2015. Acesso em: 05 jan de 2021 KHOO, S. K.; MUNRO, C.; BATTISTUTTA, D. Evening primrose oil and treatment of premenstrual syndrome. Med J Aust., Sydney, v. 153, n. 4, p. 189-192, 1990. Acesso em: 05 jan de 2021 PAIVA, S. P. C.; PAULA, L. B.; NASCIMENTO, L. L. O. Tensão Pré-Menstrual (TPM): uma revisão baseada em evidências científicas. Femina, Rio de Janeiro, v. 38, n. 6, p. 311-315, 2010. Acesso em: 05 jan de 2021 SANTOS, T; LOPES, G. Tensão pré-menstrual (tpm): fitoterapia baseada em evidências. Revista UNINGÁ, v. 24, n. 3, p.139-145, out./dez. 2015. Acesso em: 05 jan de 2021 MEHRPOOYA, M. et al. A comparative study on the effect of “black cohosh” and “evening primrose oil” on menopausal hot flashes. J Educ Health Promot, v.7, p.36, 2018. Acesso em: 05 jan de 2021 SPIRIT, F. et al. Intervention with flaxseed and borage oil supplements modulates skin condition in women. Br J Nutr., v. 101, n. 3, p. 440-5, feb. 2009. Acesso em: 05 jan de 2021 MAHBOUDI, M. Evening Primrose ( Oenothera biennis) Oil in Management of Female Ailments. J Menopausal Med, v.25, n.2, p.74-82, 2018. Acesso em: 05 jan de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *